Cinderelas Literárias

Mulheres espalhadas pelo Brasil, que amam livros principalmente…

Filme Nacional: Que Horas Ela Volta?

Por Fernanda

O filme é feito sob o ponto de vista da babá pernambucana Val (Regina Casé), que trabalha e mora no serviço, onde recebe sua filha (Camila Márdila) que vem visitá-la para prestar vestibular e passa a questionar e confrontar as atitudes de sua mãe diante dos patrões.

Que horas ela volta? tem tudo para entrar no grupo seleto de melhores filmes brasileiros por retratar como se comporta o cidadão brasileiro e os grupos sociais onde ele vive. É um filme sábio, comovente, um trabalho incrível e merece todo o reconhecimento.

 

Lançamento: 27 de agosto de 2015

Duração: 1h 51min

Dirigido por: Anna Muylaert

Gênero: Drama

q hrs ela volta

Que Horas Ela Volta?

Que Horas Ela Volta? é um filme brasileiro de 2015, escrito e dirigido por Anna Muylaert.

O filme foi escolhido para representar o Brasil na competição de Oscar de melhor filme estrangeiro da edição de 2016.

Sinopse

Val, uma mulher de Pernambuco, vai para São Paulo, deixando para trás sua filha, Jéssica, com o avô. Em São Paulo, Val encontra um emprego como babá e depois de empregada doméstica em uma casa de família de classe alta onde ela cuida do filho de seus patrões, Fabinho.

Treze anos depois, Val é economicamente estável, mas sente culpa por ter deixado para trás Jéssica. De repente, sua filha decide ir a São Paulo para fazer um vestibular, na mesma época que o filho do casal, e pede apoio a mãe, esta acreditando em uma segunda chance para um melhor relacionamento entre as duas. Mesmo assim, a convivência é complicada, ainda mais pela personalidade da garota e forma como ela se porta na casa e perante os patrões de sua mãe, se sentindo mais a vontade e não aceitando a separação de classes e posições impostas no lugar.

Elenco

Regina Casé como Val

Michel Joelsas como Fabinho

Camila Márdila como Jéssica

Karine Teles como Barbara

Lourenço Mutarelli como Carlos

Helena Albergaria como Edna

Produção

Muylaert inicialmente imaginou o fazer o filme pouco antes do lançamento de seu primeiro longa-metragem, Durval Discos (2002), mas ela sentiu que não era capaz de dirigir-lo no momento. Originalmente intitulado A Porta da Cozinha, foi baseado na própria experiência de Muylaert com uma babá, que cuidou de seu filho depois de ter deixado sua própria filha. O roteiro foi reescrito quatro vezes desde a sua primeira concepção, quando Muylaert sentiu que estava ” imaturo ” , por ela e Casé. Casé tinha um papel importante já que ela sabia muito bem a realidade de diversas mulheres nordestinas que foram para São Paulo em busca de um emprego, e Muylaert não procurava criar uma” caricatura ” do que seria uma figura real. Ao contrário, ela escreveu a história, porque em sua opinião, cuidar de crianças de outras pessoas é “trabalho sagrado que é muito subestimado.”

Que Horas Ela Volta? foi filmado em fevereiro de 2014, em uma mansão no Morumbi, um bairro de classe alta de São Paulo e demorou nove meses para ser feito

Lançamento e Recepção

Sua primeira estreia ocorreu no ínicio de 2015, no 2015 Sundance Film Festival, em que Casé e Camila Márdila dividiram o Prêmio World Cinema Dramatic Especial Jury por suas atuações como protagonistas no filme. Na Europa, sua estreia aconteceu na seção Panorama do 65th Berlin International Film Festival, onde ganhou o Prêmio Panorama Audience (prêmio de melhor audiência). Já em Junho de 2015, a diretora e roteirista Anna Muylaert venceu o prêmio de melhor Direção no Valletta Film Festival, na Ilha de Malta.

Segundo a revista norte-americana The Hollywood Reporter,”este drama denso e cheio de camadas disseca com humor e precisão arrepiante as diferenças de classe e a relação entre as mães reais e os cuidadores e questiona o privilégio como algo estanque”, e dizendo assim que, “uma ex-crítica de cinema que também tem co-escrito filmes feitos por outros, faz aqui um trabalho hábil ao contar a sua história e apresentar seus personagens e dilemas de uma maneira que convida o espectador à reflexão, imediatamente”. Além disso, foi muito bem recebido pela crítica e público nos diversos festivais em que participou.

Em 15 de dezembro de 2014 The Match Factory adquiriu os direitos internacionais do filme

Prêmios e Indicações

Festival de Berlim

Prêmio do Público: 2015

Prêmio CICCAE: 2015

Festival de Sundance

Prêmio Especial do Júri Pela Atuação: Regina Casé, Camila Márdila – 2015

ref.: https://pt.wikipedia.org/wiki/Que_Horas_Ela_Volta%3F

Fotos do elenco

Regina Casé

fe 1

Camila Márdila

fe 2

Michel Joelsas

fe3

Lourenço Mutarelli

fe 4

Karinne Teles

fe 5

Helena Albergaria

fe 6

Anúncios

Deixe um comentário apreciamos sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 24/09/2015 por em Filmes e Séries, Novidades e marcado , , .
Follow Cinderelas Literárias on WordPress.com

Siga-me no Twitter

Instagram

Lançamento em jan 2018!!!!! #juliaquinn #editoraarqueiro  Primeiro livro da duologia Irmãs Lyndon

SINOPSE: Considerada a “rainha dos romances de época” pela Goodreads, Julia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos.

Mais lindo que a lua, primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre reencontros e desafios, romantismo e perseverança.

Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.

Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?

Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas? Novo romance da Christina Lauren! Louca para ler! Gostei muito desta história! Totalmene surpreendente! #romancedeépoca #juliaquinn #arqueiro Muitos Hp Trinity College Library
Design by Patrícia
%d blogueiros gostam disto: