Cinderelas Literárias

Mulheres espalhadas pelo Brasil, que amam livros principalmente…

Resenha do Livro LEGEND, de Marie Lu

legend

Resenha, por Débora:

Pra quem já leu ou assistiu a Jogos Vorazes e Divergente, pode pensar que será apenas mais uma trilogia com a mesma história. Ledo engano, ela é uma distopia, e como todas elas, fala sobre uma sociedade que vive em extrema opressão e privação e pára por aqui a semelhança.

Lógico que podem dizer, mas Débora, nos outros também havia um casal que lutava contra o governo… eu digo: não com uma personagem fodástica que sabe que é muito boa no que faz e na diferença que pode fazer dentro daquela sociedade. O mocinho também tem qualidades surpreendentes, porém, enquanto ela, June, vive na riqueza, ele, Day, vive na extrema miséria, enquanto ela tem suas raízes dentro da vida militar, ele luta para terminar cada dia com vida. Pronto, querida leitora, não me venha dizer que há mais convergências relacionadas a essas trilogias, mas se quiser, podemos abrir um debate.

Marie Lu escreve sob a perspectiva de Day e June, o que é muito bom, pois conseguimos acompanhar os sentimentos, pensamentos e frustrações dos protagonistas.  Day é quem inicia Legend, e ao mesmo tempo em que acompanhamos o que se passa no presente ele fala do seu passado, das suas dificuldades e vai nos apresentando a sociedade sob o ponto de vida de quem está do lado mais escuro, na miséria.

Depois June aparece e nos mostra o lado de quem é apoiado pelo governo, quem é exaltado pela sua inteligência e grandes feitos, que vive com mordomia e que acredita saber que o melhor pra sociedade é o que está sendo feito. June é super inteligente, possui destreza para tudo que se propõe a fazer, é um prodígio que tem grande sucesso na sociedade, pois com 15 anos já galgou cargos que muitos adultos não alcançaram ainda.

Tem uma mente analítica, uma vontade férrea e por ter uma mente acima dos padrões se sente sempre entediada e por isso, às vezes se mete em enrascadas e isso faz com que seja mais aclamada ainda por seus pares. Ela acredita piamente em seu governo e daria sua vida para defendê-lo, porém tudo muda quando seu irmão é morto.

Day é lindo (não falei mas June também é linda) e sempre viveu na pobreza, mas muito cedo foi vítima das atrocidades do Governo e por isso ele tornou-se quase um Robin Hood, não que ele quisesse, mas tudo o que faz chama a atenção do seu povo, que passou a adorá-lo, apesar de que tudo o que faz é apenas para sua subsistência e de sua família, que acredita que ele está morto.

Day, também tem um QI acima da média, apesar de pensar o contrário e possui muita agilidade física, consegue escalar prédios em questão de minutos. Tudo o que faz é sempre muito arriscado, mas completamente calculado. Ele só não calculou o sentimento que surge ao conhecer June Iparis e isso faz com que sua vida, que já não era nos trilhos, fique de ponta-cabeça.

Distopia:

Você sabe o que é distopia? Eu sou uma leitora voraz há 10 anos e somente nos últimos dois foi que ouvi a palavra distopia, principalmente por causa da trilogia Jogos Vorazes, então foi que percebi que aquilo era outro tipo de gênero literário. E para você que já ouviu a palavra, talvez até tenha lido, mas não sabe exatamente o que é, lá vai a definição:  distopia é um lugar ou estado imaginário em que se vive em condições de extrema opressão, desespero ou privação; antiutopia.

Sinopse:

Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, os dois não têm motivos para se cruzarem, até que o irmão de June é assassinado e Day se torna o principal suspeito.

Presos num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos, numa trama de forte conteúdo político e repleta de ação, reviravoltas e romance.

Como vocês já podem ter percebido, não gosto de dar spoillers então para saber mais sobre essa estória precisam ler o livro, mas garanto que não se arrependerão.  Ele com certeza deve estar na sua lista de livros a ler.

Leia um trecho do livro aqui.

Fica Técnica

Livro LEGEND

Trologia: Livro 1

Autora: Marie Lu

Editora: Rocco

Página: 256

Gênero: Distopia

Melhor preço aqui.

Anúncios

4 comentários em “Resenha do Livro LEGEND, de Marie Lu

  1. janisedantas
    09/11/2015

    Gostei muito desse e do segundo livro, dessa trilogia, agora o final do terceiro, só a graça do Senhor para perdoar o que Marie Lu fez!
    Bjoo

    Curtido por 1 pessoa

  2. Débora
    09/11/2015

    Janise, nem me lembra! Olha, fiquei atrás da página que daria continuação e tive q me conformar com aquele final mesmo. Depois de sofremos tanto durante 3 livros, ela bem que podia ter dado uma colher de chá e escrito um epílogo, né? ou só mais uma paginazinha de felicidade pros dois. Eu entendi que ela quis redimir a June dos pecados dela, mas e nós leitoras? Achei que fomos esquecidas. rsss. Mas amei a trilogia, muito bem escrita e com uma estória bem elaborada e conseguiu fugir dos ícones distópicos.

    Curtir

  3. Pingback: Resenha tripla da Trilogia LEGEND, de Marie Lu | CINDERELAS LITERÁRIAS

  4. Reinaldo J. Nunes
    02/05/2016

    Eu estou lendo e amando Legend, de fato não tem nada (fora o estilo, que é Distopia) parecido com Jogos Vorazes, Divergente, Maze Runner, etc.

    É uma distopia completamente diferente, única, e isso torna Legend uma preciosidade. Depois do que aconteceu em Convergente, comecei a ver os livros de formas diferentes: que nem sempre o final feliz e perfeito vai existir da forma como queremos. Então estou certo que, mesmo que o final de Legend não me agrade tanto, será o final digno que a história poderia ter (mesmo que eu seja contra) hahaha

    Curtir

Deixe um comentário apreciamos sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 07/11/2015 por em Literatura e marcado , .
Follow Cinderelas Literárias on WordPress.com

Siga-me no Twitter

Instagram

Legado de Sangue é um livro importante pra caramba para entender os novos episódios de STAR WARS.

Situada um pouco antes de O despertar da Força, a trama traz todo o foco para vida de Leia (<3) e mostra a trajetória que levou a Nova República a um colapso e resultou no surgimento da Primeira Ordem.

Além de apresentar todo esse conflito político, fala também de questionamentos pessoais da protagonista: seu casamento frustrado com Han Solo, o treinamento Jedi de seu filho Ben e a revelação de um dos maiores segredos da família que pode colocar em risco toda a sua credibilidade. Enquanto isso, em Londres...... Biblioteca na Alemanha
Design by Patrícia
%d blogueiros gostam disto: