Cinderelas Literárias

Mulheres espalhadas pelo Brasil, que amam livros principalmente…

Resenha: Proibido pra mim, de Halice Frs

Por Débora.

1111

Sinopse:

Para Norah Mendes bastava ser a fotógrafa competente.
Bastava ser a mãe, ser a tia considerada e aceita entre os amigos dos filhos.
Então jamais imaginaria que entre eles estive um que visse a mulher há sete anos esquecida, nem que ao descobrir o interesse fosse desejar um garoto tentador e proibido.

Resenha:

Proibido pra mim é um livro romântico, contado em terceira pessoa, sob o ponto de vista da personagem Norah. Segundo a autora, ele foi escrito em três semanas, e iniciou-se durante uma viagem de carro que ela fez à Bahia.

E que mais viagens como essa sejam feitas! Nós, leitoras, agradecemos.

Norah é uma jovem viúva, que ama fotografia, tem dois filhos já adultos, que ainda moram com ela e é isso. Sua vida se resume a trabalhar, cuidar dos filhos, que não necessitam realmente de cuidados, mas é o que ainda a alegra, já que não tem vida social nenhuma, afinal, está contente com a vida que leva e não precisa de mudanças. Ela foi muito feliz no casamento, amou e foi amada, até que uma fatalidade levou Téo, deixando-a com duas crianças pequenas para criar. Eliza, sua filha mais nova, transformou-se numa mulher ajuizada, super pé no chão, e tinha um namorado firme, bastante responsável e que daria a ela um ótimo esposo. Já, Cassio, o mais velho, era super protetor, estava sempre de olho na mãe, afinal, era o homem da casa e deveria protegê-la. Ele realmente não tinha com o que se preocupar, já que mesmo após vários anos viúva, sua mãe não saía nem se interessava por homem nenhum, porém, mantinha sempre um pé atrás, pois como seus amigos falam: sua mãe era gostosa pra caralho! Lógico que Cássio realmente não ouvia isso, eles, Marcos, Denis e Caio, nunca diriam na sua frente uma blasfêmia dessas. A casa de Norah estava quase sempre cheia pelos amigos de Cassio, que se intitularam “O quarteto fantástico”, e lá era o quartel general deles, desde que tinham 15 anos e isso nunca a incomodou nem lhe trouxe problemas. Mas sabe quando algo que nunca lhe chamou a atenção passa a  martelar na sua mente, ao ponto de você achar que está criando chifres em cabeça de cavalo? Daí você passa a analisar um fato e percebe que há realmente algo de errado, e então tudo o que vê passa a ser visto sob outro prisma, ao mesmo tempo em que você diz a você mesma que está ficando louca, que deve ser imaginação, até que… pimba! Não era imaginação, era tudo real e agora você está numa enrascada, se é boa ou ruim não dá pra dizer, mas que ela te puxa cada vez mais, como se fosse um tornado, levando ao seu vórtice. Tudo isso estava acontecendo com Norah, que se viu sendo cortejada por um lindo, inteligente, másculo, rapaz, amigo de seu filho. Essas duas palavras: amigo e filho, trazem muitos problemas, isso sem falar no fato de que seu interesse a fez ver que durante todos aqueles anos ela se esqueceu de si mesma, há muito não se valoriza mais como mulher, nem se sentia mulher, sem desejos, sonhos ou esperança de ter outro alguém ao seu lado. O fato de ele ter idade para ser seu filho, deixa Norah atordoada, descrente e ao mesmo tempo envaidecida e temerosa. Ela teme ceder ao encanto, charme, súplicas e sensações que ele lhe desperta. Por um lado quer ceder e experimentar tudo o que ele lhe oferece, por outro, teme que a sociedade lhe julgue e ela sofra muito, sem falar nos problemas que isso acarretaria dentro de sua casa, pois certamente Cássio não aceitaria um relacionamento desse tipo, nem mesmo ela sabe se aceitaria viver esse romance.

O livro é lindo, envolvente, te prende até o final, traz um sabor de quero mais, uma vontade de continuar por lá, dá uma certa depressãozinha, um sentimento de perda, que é amenizado ao ler Perfeita pra mim, a mesma história só que desta vez contada sob a perspectiva dele.

Halice FRS construiu seu romance sobre uma problemática que traz muito preconceito e preconceito é algo que todos dizem não ter, até que ocorra dentro da sua família, ou tão perto que o faça decidir se é ou não preconceituoso. Porém, ser ou não ser preconceituoso, em si, não geraria problemas, mas sim a forma como ele é expressado. Piadinhas, agressões verbais, físicas, tratamento diferenciado de outros considerados “normais”, prejuízos de valores ou direitos, etc., que trazem às pessoas, alvos de preconceito, tantos problemas que nem imaginamos. Então vamos amar mais, respeitar mais e ler mais, porque ler é bom demais.(Afff, nem queria essa rima!)

 

Ficha Técnica:

Título: Proibido pra mim
Autora: Halice FRS
Paginas: 226
Ano:2014
Gênero: Romance

Link para a compra do livro Aqui!

 

Anúncios

12 comentários em “Resenha: Proibido pra mim, de Halice Frs

  1. Pingback: Resenha: Perfeita pra Mim, de Halice FRS – CINDERELAS LITERÁRIAS

  2. Halice FRS
    01/04/2016

    Débora, foi um imenso prazer reler sua resenha. Amo demais! Muito obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

    • Débora
      09/04/2016

      E foi um imenso prazer ler teu livro, o que não é novidade, já que desde que o li não te larguei mais. Fico imaginando como é pra vc lidar conosco (fans) em maior escala. Obrigada pelo carinho.

      Curtir

  3. Pingback: Vamos de Sorteio?? | Cinderelas Literárias

  4. Pingback: Resenha: Teoria do Amor, de Halice FRS | Cinderelas Literárias

  5. janisedantas
    09/04/2016

    Caraca véi, olha o tamanho da resenha?!! Se empolgou hehehehehe
    Quero muito ler esse. Lógico que está na lista!
    Bjoo

    Curtido por 1 pessoa

    • Débora
      09/04/2016

      Kkkkk. Me empolguei mesmo. Algumas autoras simplesmente despertam isso em mim, não tenho vontade de parar de escrever tampouco de parar de falar sobre os livros delas.

      Curtir

  6. Giane
    09/04/2016

    Adorei, entrou para minha lista de desejados!

    Curtido por 1 pessoa

    • Débora
      10/04/2016

      Que bom que entrou, você não vai se arrepender.

      Curtir

  7. Pingback: Resultado de Sorteio – Livro Proibido pra mim | Cinderelas Literárias

  8. Pingback: (RE) SORTEIO!!!! | Cinderelas Literárias

  9. Pingback: 5 livros que resenhei e indico. | Cinderelas Literárias

Deixe um comentário apreciamos sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 20/01/2016 por em Resenhas.
Follow Cinderelas Literárias on WordPress.com

Siga-me no Twitter

Instagram

Mais um grande lançamento!!!!! Lançamento!!!!!! O terceiro livro da aguardada série de romances de época com uma forte pitada de erotismo
Quando o diabo encontra um anjo...
Lucy Craddock-Hayes está satisfeita com a vida tranquila no interior. Até o dia em que tropeça num homem inconsciente — um homem inconsciente e nu — e perde para sempre sua inocência.
Ele pode levar ao paraíso... O visconde Simon Iddesleigh apanhou de seus inimigos até quase morrer. Agora ele está determinado a se vingar. Mas quando Lucy cuida dele para restaurar sua saúde, a sinceridade da jovem surpreende sua sensibilidade calejada — e desperta um desejo que ameaça consumir os dois. Ou ao inferno. Encantada com a inteligência perspicaz de Simon, com seus modos urbanos e até com seus sapatos de solado vermelho, Lucy rapidamente se apaixona por ele. Embora sua honra o mantenha longe dela, a vingança envia os agressores de Simon à sua porta. Enquanto o visconde entra em guerra contra seus inimigos, Lucy luta pela própria alma, usando a única arma que tem — seu amor... Lançamento!!!!!!!!!!! SINOPSE: Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown contra-ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável. 
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?

Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.

Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816

Julia Quinn encanta... Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela. 
Mia Ryan delicia... Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.

Suzanne Enoch fascina... Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.

Karen Hawkins seduz... Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.
Design by Patrícia
%d blogueiros gostam disto: