Cinderelas Literárias

Mulheres espalhadas pelo Brasil, que amam livros principalmente…

Resenha: A Sedutora de Babi Barreto

Por Debora.

A SEDUTORA FINAL

Sinopse:

Ao se deleitar com a visão de uma jovem dançarina de uma boate, na periferia carioca, um perfeito cavalheiro atravessa o limite do perigo que encontramos no submundo do crime.

James Dixon tem um futuro perfeito, mas por vários motivos terá sua trajetória de vida alterada. Consumido pelo desejo por Lana, descobre que ela esconde um terrível passado, e não é capaz de enxergar qualquer futuro além dos seus próprios planos.

Em meio a jogos de poder, intrigas e manipulações, a obsessão de um pelo outro os consome, lançando toda sorte de perigos. Morrer passa a ser uma opção; e matar, uma necessidade.

Quando a vingança se torna sua meta, a obsessão pode ser perigosamente atrativa.

Resenha:

Ela é linda, com curvas perfeitas, cabelos lisos, longos, uma deusa sedutora, com um rebolado que faz lembrar o trecho da música de Tom Jobim “… num doce balanço a caminho do mar.” Seus olhos hipnotizantes, falam tudo e nada ao mesmo tempo, como se jogassem com sua mente. A sua voz? Feita no mesmo tom do canto das sereias. Um homem se perderia só em ouvi-la, caso já não tivesse se perdido depois de vê-la. Todos esses atributos faziam com que sua personalidade forte fosse docemente aceita ou relevada. Considero que a música Dona, do Roupa Nova, descreva bem o poder dA Sedutora. Nos palcos, dançando, sensualmente ou no pole dance, eroticamente, ela dominava e não havia ninguém que se igualasse à ela, seu poder vinha daí, sua moeda de troca também, mas engana-se quem pensa que ela se resume a isso. Como o fez James Dixon, inglês, descendente de uma família de aristocratas, com aspirações de ser o primeiro – ministro da Inglaterra. Ele estava no Brasil como Diplomata e tinha uma missão secreta, que quando a concluísse, alavancaria sua carreira. Bem, este era o plano, até que ele colocou os olhos sobre Lana, que tornou-se sua obsessão, talvez o fato de ela evitá-lo e rechaçar todos os seus convites o tenha feito ficar mais louco por ela, até que, enfim, ele a tem e infelizmente, para os dois, uma noite apenas não foi o suficiente, mas James não consegue compreender as leis do morro, acha que seu poder o isenta de tudo, nem que sua perseguição à Lana possa afetar algo a mais que a eles próprios. No entanto, o sentimento de romance que os envolve provoca uma cadeia de eventos que poderão levá -los à morte.

Neste livro, nada é o que parece ser. Pelo título e capa você pode pensar que trata-se de um romance erótico, mas é surpreendido com um suspense do início ao fim, e que fim!

Babi Barreto escreveu A Sedutora narrando tudo em primeira pessoa, sendo contada ora por Lana, ora por James. A estória, ambientada nos morros do Rio de Janeiro, traz para o leitor algumas problemáticas existentes e constantemente combatidas pelo Estado, que são o tráfico de drogas, homicídios, sequestros e ainda outros que ultrapassam nossas fronteiras, escravidão sexual e tráfico de mulheres. Lana não é só um rostinho bonito e um corpo que sabe rebolar, ela está envolvida em negócios escusos com Macalé, chefe do morro, que ora a protege, ora a ameaça, e ainda alimenta uma fixação por ela, que não se envolveu com a sujeira do morro à toa, a cada dia sabe que pode ser seu último e que um passo em falso pode custar-lhe a vida. Contudo, guarda um segredo e interpreta um papel com um único objetivo, que norteia suas ações, mas ao que parece, ninguém ali é quem diz ser, e em meio à tiroteios, sequestro, tortura, manipulações, várias revelações serão feitas.

E então, depois de fazer-nos passar vários sustos durante a leitura, Babi nos presenteia com um final estilo Duro de Matar, deixando-nos com a respiração suspensa, olhos arregalados e coração disparado. E quando você pensa que tudo acabou, que chegará a um final satisfatório, descobre que a autora Babi Barreto é uma menina má e cheia de surpresas. Ela enlaça o leitor, e quando ele está bem seguro, manda rodar a ficha técnica. Daí você pensa: Como assim!?!?!?!? E corre pra saber se ela está engajada na continuação.

 

Trilha Sonora:

Assim como cheiros criam sinapses em nosso cérebro, fazendo-nos associá-los a imagens, experiências, e até a sentimentos que vivenciamos, Babi, ao viver a experiência do que escrevia, associou músicas para melhor descrever sentimentos e/ou cenas do livro, ela criou suas próprias sinapses, colocando trechos das músicas antes de cada capitulo e todos eles tinham uma mensagem ou ligação direta com o que viria a seguir. E nós podemos curtir a musica completa numa playlist criada pela própria autora. Os estilos? Tao variados quanto podem ser ao se ler sobre um aristocrata inglês, uma dançarina brasileira, e a cultura do morro.

Link para playlist no youtube aqui!

Conheça mais sobre a autora Aqui!

 

Ficha Tecnica:

Título: A Sedutora

Autora: Babi Barreto

Páginas: 274

Gênero: Mistério e Suspense Romance

Disponível somente em e-book na Amazon

Link Aqui!

 

P.s.: O Livro foi gentilmente cedido pela autora para avaliação antes de seu lançamento, bem como as imagens e sinopse do livro.

 

 

Anúncios

3 comentários em “Resenha: A Sedutora de Babi Barreto

  1. Diana Esther Alves Vieira
    05/02/2016

    “O poder que nos levanta, a força que nos faz cair”. Resenha Sedutora! Confesso que a expectativa criada e a quantidade de acontecimentos nesta “prévia” deixam-me curiosa quanto ao livro e como as coisas desenrolar-se-ão em pouco menos de 300 páginas. Animada!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Débora
      05/02/2016

      Boa leitura, espero que você seja surpreendida como eu fui!

      Curtir

  2. Pingback: Você conhece a autora Babi Barreto? – CINDERELAS LITERÁRIAS

Deixe um comentário apreciamos sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Follow Cinderelas Literárias on WordPress.com

Siga-me no Twitter

Instagram

Lançamento em jan 2018!!!!! #juliaquinn #editoraarqueiro  Primeiro livro da duologia Irmãs Lyndon

SINOPSE: Considerada a “rainha dos romances de época” pela Goodreads, Julia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos.

Mais lindo que a lua, primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre reencontros e desafios, romantismo e perseverança.

Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.

Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?

Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas? Novo romance da Christina Lauren! Louca para ler! Gostei muito desta história! Totalmene surpreendente! #romancedeépoca #juliaquinn #arqueiro Muitos Hp Trinity College Library
Design by Patrícia
%d blogueiros gostam disto: