Cinderelas Literárias

Mulheres espalhadas pelo Brasil, que amam livros principalmente…

O que toca na sua playlist?

Por Debora.

Então,  como minhas leituras estão atrasadas, vim conversar sobre algo que gosto muito: MÚSICA.

Desde que eu ganhei meu walkman (sim, sou dessa época), a música esteve presente sempre na maior parte do meu dia. Já tive várias fases, acompanhei as músicas da minha mãe: Fabio Junior, José Augusto (quem nao lembra de Barriga de Aluguel?!), Grandes Sucessos Internacionais (pense numa sofrência, todas eram sobre um broken heart), Roxette, Bryan Adams, Beatles (desses eu decorei muitas músicas) e por aí vai. Também ouvia em casa (ex-padrasto) os grandes da música romântica  nacional: Paulo Sergio, Fernando Mendes, Diana, Reginaldo Rossi, Wando, Odair José, Waldick Soriano, dentre muitos outros. O quê, você chama isso de brega?! Eu também! Mas há defensores que dizem que isso é romântico. Não criemos pânico, a lista dele tava misturada entre brega e romântico. Mas quando eu enfim ganhei meu diskman, ganhei também liberdade. Paralamas do Sucesso, Legião Urbana, Renato Russo (não me diga que eles eram a mesma coisa, porque não eram, o Renato gravou cd’s solo), – PARA TUDO! Lembrei dos Demônios da Garoa, era pra estar na lista ali do ex. Pronto, PODE CONTINUAR. – Nenhum de nós,  Titans, Rod Stuart (o quê? Minha mãe me passou esse gosto), Shakira, Alanis Morissette, Bon Jovi, Roxette. Pronto. Eu transcrevia as musicas dessa galerinha em minha agenda, pra poder decorar a letra. Agendas e agendas, que foram, depois, jogadas fora. Logíco que já estavamos na era do diskman.

Vocês acham que a globalização faz tudo girar muito rápido?  A tecnologia avança em velocidade da luz? Eu pisquei e já estavamos colocando musicas em um cd, em casaaaaa! Que loucura. Depois vem o pen drive, cartoes de memória. Tenho um de 32G no meu celular, lotado de música, mas mesmo assim eu uso o Spotify.

unnamedSpotify. Ahh (me sinto o Homer olhando uma rosquinha de longe), adoro músicas atuais, se eu gostar de uma, já procuro logo quem canta e já dou um spotify nele. Então, só uma nuvem que não é minha pra aguentar essa extensa lista de músicas. O que tem nela? Não sei nem se listo, porque são tantos, mas vamos aos preferidos do momento: Maroon 5, Ed Sheeran (meus olhinhos reviram só em citar esses dois, gosto muito), Pink (amo as lutas que ela trava em algumas canções), Ellie Goulding, Imagine Dragons (simmm! com o volume bem alto e cantando), Bruno Mars, Meghan Trainor, San Smith, Mumford & Sons, Linking Park (humpf! O 1° cd é o melhor), Lifehouse, Hozier, Taylor Swift, Selena, Justin Bieber (não me olhe com essa cara, minha filha de 5 anos adora Justin, Selena, Taylor e, e????? Linking Park. É verdade que ela gosta do Lucas Lucco e Anita, tbm, rsss, eclética, não?),  The Fray e mais alguns.

james-b-628Mas quero apresentar pra vocês James Bay, indicado como artista revelação, do ano de 2015, no Grammy 2016, que ocorre dia 15 de fevereiro. Ele tem uma voz linda, uma musicalidade… Bem, gosto muito de folk rock, ou seja lá em que categoria ele se encaixe (tá tudo tão misturado hoje em dia). Voltando, ele tem 23 anos é inglês e tem um cd lançado, Chaos and the Calm. Apresento abaixo:

Sobre sua musica, em seu site, James disse:

“I’m trying to make songs that make people feel something and, if I’m lucky, even move them,” he explains.

Bem, eu agradeço a preocupação, pois gosto muito de ouvi-lo. No site da Red Bull ele foi descrito como um “quase trovador”.

Quem quiser conhecê-lo melhor, acesse:

http://www.jamesbay.com

 

 E vocês,  do que gostam?

 

P.s.: estou de ouvidos ligados em Shawn Mendes, ele tem muito potencial.

Anúncios

18 comentários em “O que toca na sua playlist?

  1. janisedantas
    07/02/2016

    Gostei do James Bay.
    Agora o que amo, amo é The Script!! Depois vem The Fray e Maroon 5, são meus preferidos, mas… ahhh tem ainda One Direction, Olly Murs, como esqueci do meu ruivinho maravilhoso Ed Shereen, amoo, e também Charlie Puth, Boyce Avenue. Eita, ainda tem James Morrison, a voz dele me derrete. Tem Jon Mclaughlin, Pablo Alboran, Camila…
    Ahhhh eu amo música e pode reparar que gosto mesmo é de homem cantando pra mim hehehehehe

    Curtido por 1 pessoa

    • Débora
      07/02/2016

      Olha minha resposta ali embaixo. Coloquei no lugar errado. 🙈

      Curtir

  2. Débora
    07/02/2016

    Oi Janise.
    Charlie Puth pra mim é igual a Mark Ronson, só gostei de algumas musicas. Mas vc tem razão quanto Boyce Avenue e Jon McLaughlin. Fiquei em duvida sobre James Morrison. Como estamos trocando figurinhas, vou te dizer o q mais eu gosto: One Republic, Hoobastank, Magic!, John Legend, Aloe Black, e pra fazer aquela faxina na casa, Nick Jam, Martin Garrix, Avicii, David Guetta, Calvin Harris…

    Curtido por 1 pessoa

    • janisedantas
      07/02/2016

      Ahhh James Morrison… imagine aquela voz cantando ao seu ouvido? Uiiiiii hehehehe
      Gosto muito também de John Legend, One Republic e Avicii, os outros vou verificar, às vezes gosto das músicas e não associo quem canta, sou uma besta! hehehehe
      Amo conhecer outros cantores e ir acrescentando a minha playlist. Eu ouço música direto, inclusive dormindo. Fico até tonta quando desligo a música hehehehe acho que é crise de abstinência.
      E tem outra, gosto de música em espanhol também hehehehe acho de uma sonoridade muito gostosa, por isso sou fã do Camila e Pablo Alboran, que aliás é lindo, não que faça diferença, mas ajuda na hora do sonho hehehehe
      Bjoo

      Curtido por 1 pessoa

      • Débora
        07/02/2016

        Já ouvi mais espanhol, Enrique Iglesias era meu preferido, hj ouço mais rumba e regaton, pra dar uma eletrizada no corpo, mas não pra ouvir diariamente. Muitos amigos reclamam que ouço muito inglês, mas tenho justificativa: 1 – posso me concentrar em outras coisas e desligar da letra, assim ela nao vai me atrapalhar, o que aconteceria se fosse em português, 2 – quando eu estudava inglês, usava as letras pra aprender tbm, entao, quando as ouço e me concentro nelas, entendo a maioria das palavras, caso a pronúncia e velocidade sejam satisfatórias. E como vc tbm gosto de acrescentar músicas novas às minhas playlist, por isso estou sempre procurando novos cantores, o que tbm justifica eu assistir The Voice, The X-Factor e American Idol.

        Tô adorando a conversa. Bjos

        P.S. Vou procurar as fotos do Pablo Alboran.

        Curtir

    • janisedantas
      09/02/2016

      Débora, tudo joinha?
      Fui fazer uma pesquisa na sua lista hehehehe… falei que sou meio tonta (na verdade besta!), conheço as muitas músicas e não ligo a música ao cantor (aff).
      Agora, Martin Garrix, tô fora! kkkkkkkk
      David Guetta, mais ou menos
      Calvin Harris, eita, se ele deixasse dava até uns beijos nele!!! hehehehe
      Magic e os outros eu gosto muito
      Mas… sempre o mas, mas eu estou apaixonada por The Script, estou em um relacionamento sério hehehehe (quase psicose!). Quando você tiver um tempinho assista e lembre de mim ( a véia apaixonada): https://www.youtube.com/watch?v=gS9o1FAszdk

      Curtido por 1 pessoa

      • Débora
        09/02/2016

        Kkkkk. Ri demais com tua analise dos meninos da musica techno. Eu os ouço quando quero agitar as moleculas do meu corpo, pra me tirar da preguiça. Ouve o Linking Park, ele é pura adrenalina. Deixo The script pra vc, não precisa ter ciúmes. Agora, voz e melodia pra deixar a gente apaixonada é Lifehouse, curte essa deles https://youtu.be/ac3HkriqdGQ é quase como a sensação de ter um bom chocolate derretendo na nossa língua.

        P.S. Tô ficando tua fã, “véia apaixonada”. Minha mãe nao sabe nem quem é Ed Sheeran nem Maroon V e tem só 15 anos a mais do q eu.

        Curtido por 1 pessoa

      • janisedantas
        09/02/2016

        Mas Débora, como assim sua mãe não conhece Ed e nem Adam??? Chocada!! hehehehe…
        Mostra pra ela o esse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=lp-EO5I60KA se ela não se apaixonar… é um caso perdido, coloca pra ela Valdique Soriano! (nem sei como escreve, ela vai entender!! kkkkkkkkkkkkkkkk)
        Dé, amo tudo no Ed e no Adam, ops, está ficando pessoal!
        Não conta pra ninguém, não quero assustar, mas amo homem tatuado! (Quando li a série After me deleitei, aí fui atrás de À Flor da Pele, hehehehe)

        Ahhhh mas Lifehouse, fala sério! Eu AMO hehehehe

        Curtir

      • Débora
        09/02/2016

        Janise, o site não me deixou fazer uma treplica abaixo do teu comentário, entao vai aqui mesmo. Acredita que ela chamou o Ed Sheeran de Shee-ha?! Depois mostrei as musicas e ela reconheceu, o mesmo com o Adam lindosupergatoLevine. E ela conhece sim o Waldick, era pra ele estar na lista dos bregas (românticos) lá em cima, mas esqueci dele. E Janise, tbm gosto de tatoo, até fiz uma com livros, passaros e uma coruja em todo o meu ante-braço, duvido q tu tenha uma. Kkkk

        Curtido por 1 pessoa

      • janisedantas
        09/02/2016

        Ahhh Dé, como eu queria ter tatoo, mas tenho trauma de agulhas louco hehehehe quando jovem, lá no tempo de “Era uma vez…” eu me acidentei e tomava 7 injeções por dia e tive que fazer umas reparações no meu rosto lindo e maravilhoso com som de motorzinho hehehehe (adivinha de gosto de dentista?), por isso nunca fiz tatoo, mas meus filhos têm, me realizo neles hehehehehe
        Colocando inveja nos velhinhos coisa feia!! (hehhehehehe) Mostra para eu babar de vez!
        Outro dia até postei a tatoo que queria fazer, umas gaivotas no antebraço, coisa linda!
        Pena que não mais chiclete com tatoo né? Hehheehehe (isso é do tempo “Era uma vez…)

        Curtir

      • Débora
        09/02/2016

        Já nem sei mais onde respondo nesse negócio. Não dá pra postar foto aqui, mas já te achei no facebook. Quando fiz a minha tatoo, imaginei que fosse doer muito, mas não doeu nem 30% do que pensei. Não acho que vc deva se realizar através dos filhos, algumas coisas precisamos viver pra satisfação ser plena. À despeito da tua má experiência com agulhas, incentivo-a a desenhar na nuca ou braço, quase no ombro já, as tuas gaivotas. Ou no pulso, pra vc olhá -las com carinho.

        Bjos.

        Curtido por 1 pessoa

      • janisedantas
        10/02/2016

        Esse sistema de comentário deve estar certo, a gente é que formou um chat aqui hehehehehe

        Quanto a tatoo, não rola mais, coitadas, com essa pele de véia elas ficariam parecendo o rabo do coelho!! kkkkkkkkkkkkkk

        Nem tudo na vida precisa ser vivido, nem todo sonho precisa ser realizado, o , não, também nos mostra outros caminhos,e forma em nós outras perguntas e respostas. Quando a gente entende que nem sempre o não é mau (ou até mesmo mal), não ficamos mais parados diante dele.

        Ahhhhhh profundo heim?!!! kkkkkkkkkkkkkk

        Bjoo minha linda!

        Curtido por 1 pessoa

  3. Nátila Miss y
    09/02/2016

    Adorei a conversa e resolvi contribuir…e já chegando com intimidade. Eu não sou “novinha”, muito menos “teen”, mas nem mesmo minha idade verdadeira (espero que não haja indiscrição por aqui) justifica meu gosto musical. Gosto de tudo!! Mas se for “idoso” (70/80/+-90 – do ponto de vista do que alguns podem chamar de “démodé” quando o assunto é música) eu tenho uma “quedona”. Adoro Legião, Engenheiros, Lulu Santos, Paralamas, Biquini Cavadão, Kid Abelha, Ira, Nenhum de Nós, sendo que desse estilo o mais novinho é a galera do J.Quest. Adoro Roupa Nova, Tim Maia, Alcione e amo Djavan. Alguém aqui já ouviu falar em Agepê? (kkkk). A verdade é que citei bandas e cantores, mas são as músicas que me interessam. Elas me falam sobre coisas e pessoas e me fazem viver e reviver momentos. Não tenho uma playlist no Spotify e em nenhum outro lugar além de meu pendrive.
    Ahh…irei “passear” pelas sugestões de vocês.

    Curtido por 1 pessoa

    • janisedantas
      09/02/2016

      Oiee, papo gostoso né?
      Eu também não sou novinha não, aliás nada novinha. Mas cabeça e espírito não conseguem assimilar esse lance de idade, tempo… a carcaça é que estraga e entrega a gente hehehehehe
      Nátila, gosto de todos esses que você citou, mas para ler não pode ser em português, porque começo a cantar e viajar, é uma luta! hehehehehe aliás, música me embala muito.

      Curtido por 1 pessoa

    • Débora
      09/02/2016

      Natila, a musica nao morre, nem envelhece. Gosto de muitas músicas que fizeram sucesso antes mesmo de minha mãe começar a namorar, mas não as ouço sempre. E superindico o spotify, aliado ao musixmatch, que mostra as letras das musicas ouvidas.

      Curtido por 1 pessoa

  4. Elizabeth Benedita
    09/02/2016

    Hummm…Sou bem eclética e acredito que ainda mais ouvindo a opinião de vocês.
    Essa é minha playlist:
    João de Barro (versão Renato Vianna)
    Quando fui Chuva (Maria Gadú)
    You and Me (Lifehouse)
    Dois Rios e Sutilmente (Skank)
    Fábio Júnior (Pai, Enrosca, Senta aqui e Volta)
    Oceano e Faltando um Pedaço (Djavan)
    I’m Yours e 93 million miles (Jason Mraz)
    Linger e Ode To My Family (The Cranberries)
    Dona e A força do Amor (Roupa Nova)
    It Must Have Been Love e Anyone (Roxette)
    I Don’t Want To Miss A Thing (Aerosmith)
    You and I e Still Loving You (Scorpions)
    Quase sem querer e Metal contra as Nuvens (Legião Urbana)
    Mudança de Comportamento (Versão Kid Abelha Acústico);
    Palavras ao Vento e As Coisas Tão Mais Lindas (Cássia Eller)
    Going the distance e Alone in the ring (Bill Conti)
    Thinking Out Loud e Photograph (Ed Sheeran)
    The Scientist (Coldplay)
    Vivir Sin Aire (Maná)
    Não vá embora, Velha Infância e Depois (Marisa Monte)
    More Than Words (Extreme)
    What’s Up? (4 Non Blondes)
    Esquadros e Fico assim sem Você (Adriana Calcanhoto)
    You Make Me Feel Brand New e For Your Babies (Simply Red)
    Heroes (David Bowie)
    Asleep (The Smiths)
    Rebel in me, Peace e I Can See Clearly Now (Jimmy Cliff)
    E mais outras tantas que gosto de ouvir e outras tantas apenas para dançar. Dicas devidamente registradas

    Curtir

    • Débora
      09/02/2016

      Nossa, que lista… gosto de tudo que tem aí.

      Curtir

  5. Diana Esther
    04/03/2016

    Percorri todos os artistas e músicas das listas de vocês e estou chocada de não ter visto O Safadão do Wesley e a parceria de sucesso das Coleguinhas… 😮
    Rsrsrs. Mas existem outras em minha playlist que não são tão amadas ou de tanto sucesso, mas que vez e outra embala meus “pensamentos” e por vezes meu corpo nada atlético…

    Dire Straits – Sultans of Suwing, Money for Nothing e So far Away
    Guns in Roses – November Rain, Sweet Child O’mine, Since I Don’t Have You e Patience
    Bon Jovi – Wanted Dead or Alive, Blaze of Glory e Bed os Roses
    Red Hot Chili Peppers – Othersides, Under The Bridge e Scar Tissue
    Alexia – Number One, Gimme Love, Me and You e Uh la la la (danceeeei) e Hold On
    U2 – One, Beautiful Day e With Or Without You
    Alanis Morissette – You Oughta Know e Head Over Feet
    Legião Urbana – Eduardo e Mônica, Eu sei e mais umas 30;
    Sinéad O’Connor – Nothing Compares 2 U e Sacrifice (Versão diferente da do Elton Jonh)
    Eric Clapton – Wonderful Tonight e Tears in Heaven
    Peter Cetera – Hard to Say I’m Sorry e I Wanna Take
    Bob Marley – Is this Love?, No Woman No Cry e One Love
    Cidade Negra – Onde você foi morar?, A Estrada e Firmamento
    Tracy Chapman – The Promise, Fast Car e Baby Can I Hold You
    The Pretenders – I´ll Stand By You e I’m Not In Love
    Foo Fighters – Times Like This e Walking After You
    Goo Goo Dolls – Iris e Name
    Sixpence None The Richer – Don’t Dream It’s Over e Kiss me
    Imagine Dragons – Demons e Radioctive
    Creed – My Sacrifice, With Arms Wide Open e One Last Breath
    Engenheiros – Ninguém é igual a ninguém, Refrão de Bolero é Infinita Highway (estudei muita física ouvindo essas músicas “ruins”);
    Já ouvi todas as sugestões. Não tem essa de idade mesmo, não, como disse a Janise.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário apreciamos sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 06/02/2016 por em Novidades e marcado , , , .
Follow Cinderelas Literárias on WordPress.com

Siga-me no Twitter

Instagram

Mais um grande lançamento!!!!! Lançamento!!!!!! O terceiro livro da aguardada série de romances de época com uma forte pitada de erotismo
Quando o diabo encontra um anjo...
Lucy Craddock-Hayes está satisfeita com a vida tranquila no interior. Até o dia em que tropeça num homem inconsciente — um homem inconsciente e nu — e perde para sempre sua inocência.
Ele pode levar ao paraíso... O visconde Simon Iddesleigh apanhou de seus inimigos até quase morrer. Agora ele está determinado a se vingar. Mas quando Lucy cuida dele para restaurar sua saúde, a sinceridade da jovem surpreende sua sensibilidade calejada — e desperta um desejo que ameaça consumir os dois. Ou ao inferno. Encantada com a inteligência perspicaz de Simon, com seus modos urbanos e até com seus sapatos de solado vermelho, Lucy rapidamente se apaixona por ele. Embora sua honra o mantenha longe dela, a vingança envia os agressores de Simon à sua porta. Enquanto o visconde entra em guerra contra seus inimigos, Lucy luta pela própria alma, usando a única arma que tem — seu amor... Lançamento!!!!!!!!!!! SINOPSE: Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown contra-ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável. 
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?

Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.

Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816

Julia Quinn encanta... Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela. 
Mia Ryan delicia... Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.

Suzanne Enoch fascina... Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.

Karen Hawkins seduz... Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.
Design by Patrícia
%d blogueiros gostam disto: