Cinderelas Literárias

Mulheres espalhadas pelo Brasil, que amam livros principalmente…

Resenha: Oráculo dos Mundos: Inquisição, de Lz Rodríguez

Por Débora.

ORACULO_DOS_MUNDOS_1451229415544055SK1451229415BSinopse:

Otávio, Sofia e Evangeline, são crianças normais. Do dia para noite todo o azar de infortúnios cai sobre eles: suas vidas, casas e famílias destruídas como por um castigo divino de um pecado desconhecido. São obrigados a viver num colégio interno assustador no fim do interior do estado de São Paulo, administrado por uma ordem religiosa que têm as piores intenções para com o mundo e qualquer ser evoluído que se oponha a eles…

A verdade do universo irá se revelar diante seus olhos

Ao ler o velho Oráculo dos Mundos descobrirão muito mais mistérios do que até então a história e o tempo os revelou. Verdades essas que tal organização pretende ocultar a cargo de uma conspiração religiosa, e reviver algo muito pior do que fora a Santa Inquisição no passado. Os três precisarão compreender o que está acontecendo para assim dar o próximo passo rumo ao futuro do universo.

 

Resenha:

O Livro se inicia com a leitura de um livro pesado e antigo que Otávio encontrou num lugar proibido da casa em que estão morando. Ele, que tem 13 sofridos anos, lê para a irmã, Sofia, que tem 10 meses, mas de quem ele não desgruda e ainda jura de pé junto que ela lhe entende 100%. Pois bem, voltando à leitura, em sua primeira página, já surge um soturno aviso:

“Se não temes a Inquisição e não desejas livrar-te do peso de descobrir que te enganaram por toda a tua vida, continua. Caso contrário , fecha imediatamente este manuscrito.”

12837610_1724016404522504_1245856686_oEsta é uma página importante do Oráculo dos Mundos, um livro que diz conter a verdade sobre a criação do mundo, porém, todos que a conhecem, são caçados e mortos pela Santa Inquisição.

Otávio após ler isso, não acreditou em nenhuma palavra escrita ali, pois ele era muito inteligente, um inventor sem igual e o mundo onde morava era normal, cheio de maldade, mas uma só raça. É claro que o fato de a irmã dele ter orelhas pontudas, a pele negra, coberta de pelos brancos e uma inteligência acima do surpreendente, não lhe veio à mente ao ler a parte relacionada à raças diferentes e o assunto já havia sido esquecido enquanto se divertia com a amiga Evangeline e Sofia, numa noite de jogos em seu inacreditável quarto novo.  Porém, como um agouro, nesta mesma noite, um grande desastre cai sobre a vida dos três e eles terão que crer no Oráculo para que possam sobreviver, pois como foi dito no aviso, ele leu sobre a verdade e agora teria que ficar face a face com o poder da Inquisição.

 

Vamos deixar claro, desde o início, que o livro é uma obra de ficção fantástica, que no entanto utiliza temas bastante controversos da nossa realidade, além de ter algumas críticas. Ele defende a teoria do evolucionismo ao invés da teoria do criacionismo e todo livro é baseado nessa concepção, onde um grupo de fanáticos religiosos perseguem de forma  os detentores da verdade, os torturam e matam, bem como os que acreditam ser de raças diferentes da deles. Outra atitude bastante enfatizada é que esse grupo não tolera que seus ensinamentos sejam questionados, nem mesmo em pensamento, sob a ameaça de serem severamente castigados, e o que não doar praticamente tudo o que tem para a obra do Senhor, também enfrentará este jugo. Alguém consegue ver uma pequenina semelhança com algumas igrejas do dia de hoje? Outros pontos abordados: a intolerância ante as diferenças, físicas, mentais ou de opinião, a indiferença e passividade frente a quem necessita de ajuda e por último, mas não menos importante, a violência infantil.

A leitura é rápida e fácil, apesar de o autor utilizar muito a palavra mixórdia, talvez um pouco difícil ao público infanto-juvenil, mas nada que o google não resolva, alguns pontos foram bastante repetidos: crítica aos atos da religião que estava sendo imposta, mas talvez seja para dar sustentação à caça que estavam vivendo. O enredo é nosso conhecido de filmes, séries e livros, mas mesmo assim prende nossa atenção. Os personagens são bem construídos e nos cativam.

A única coisa que me incomodou foi que ele tende a uma crença em detrimento de outra, e dependendo da idade que o leitor tenha, talvez, ele venha a precisar de um pouco de acompanhamento e orientação, caso se sinta confuso entre o que é real e o que é imaginário. Mas isso é quase irrelevante e não afeta em nada no julgamento da obra, que terminou muito rápido e cheio de suspense, afinal, todos que o lerem irão querer saber mais sobre o que vai acontecer a Otávio, Sofia e Evangeline.

Saiba mais sobre o Autor e o Oráculo dos Mundos acessando nosso post anterior Aqui!

Veja o Book Trailer do Livro:

 

Ficha técnica:

Título: Oráculo dos Mundos: A Inquisição

Autor: Lz Rodríguez

Série: Livro 1

Páginas: 225

Disponível em Ebook na Amazon, clique Aqui!

Link para a página do Facebook do Autor Aqui!

 

 

 

 

Anúncios

5 comentários em “Resenha: Oráculo dos Mundos: Inquisição, de Lz Rodríguez

  1. Pingback: Apresentando: Oráculo dos Mundos, de Lz Rodriguez | Cinderelas Literárias

  2. Nátila
    22/03/2016

    Depois que eu ler verei se indico para minha sobrinha que está participando de uma maratona de leitura. A princípio achei uma estória um pouco pesada para indicar para uma criança de 10 anos, mas só poderei saber após a leitura, pois a resenha, embora muito boa, me deixou em dúvida sobre a profundidade de alguns temas que é somente ver para crer. Não posso dizer muita coisa sobre livros “pesados”, pois um dos primeiros que lembro de ter lido e passado horas “na rede” quando era apenas uma criança foi “A Droga da Obediência”. Ameeeei! rsrsrs. Mas sou uma tia zelosa…vou vê o que tem dentro e depois compartilho. Poxa estava sentindo falta de aparecer por aqui. Continuam 10!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Débora
      22/03/2016

      Então, Nátila, como eu disse, a leitura é fácil, mas não é leve, pra início de conversa ele é uma ficção fantástica que pende pro mistério, o tema central desse primeiro volume é a caça a quem não crê ou apóia a religião do grupo dominador. De forma geral, sem saber das crenças do autor ou de quais religiões ele se inspirou para escrever o livro, eu posso definir como sendo uma guerra entre o Cristianismo e o Espiritismo, veja, ele não cita Jesus ou Alan Kardec, mas nas linhas gerais do que li poderia nominá-las assim, já que cada uma delas dão origem a várias outras denominações. Só que essa é uma parte de um todo que vai se desenvolver nos outros livros, a questão importante é a de que haviam muitas raças vivendo num mesmo mundo e que por ganância uma só raça predominou de forma a varrer da história a existência das outras. Mas esse primeiro livro pode realmente incomodar quem é atuante nas igrejas que creem em Deus.

      Curtir

  3. Nátila
    22/03/2016

    Noooossa…Se eu já fiquei abalada com o Código Da Vinci. kkkkkk. Obrigada, Débora!! Vou lê, mas não vou confundir minha sobrinha, não! 😉

    Curtir

  4. Pingback: Resenha: Blog: Cinderelas Literárias – Lz Rodríguez

Deixe um comentário apreciamos sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 14/03/2016 por em Literatura.
Follow Cinderelas Literárias on WordPress.com

Siga-me no Twitter

Instagram

#harrypotter #harrypotter20 #harrypotter20thanniversary #harrypotter20 Li os dois primeiros e amei! Aguardando ansiosamente pelo terceiro!!!!! Mais livros por favor!
Design by Patrícia
%d blogueiros gostam disto: