Cinderelas Literárias

Mulheres espalhadas pelo Brasil, que amam livros principalmente…

Você conhece Julia Quinn?

Por Mariana

 

Update em 10/05/2016

Você conhece Julia Quinn??

julie-home

Julia Quinn é o pseudônimo usado por Julie Pottinger (nascida Julie Cotler, em 1970), uma autora americana de bestseller de romance histórico. Ela diz que escolheu seu pseudônimo para que seus romances da época da regência ficassem nas prateleiras ao lado dos da bem-sucedida escritora de romances Amanda Quick . Seus romances foram traduzidos em 26 línguas estrangeiras, e ela apareceu na lista do Bestsellers New York Times 18 vezes.

Julie Pottinger foi criada  em Nova Inglaterra, embora ela passou a maior parte de seu tempo na Califórnia depois que seus pais se divorciaram. Desde quando era uma garotinha ela devorava livros. Seu pai não concordava com suas escolhas de material de leitura, e disse que ela poderia continuar  a lê-los se pudesse provar que eles eram bons para ela. Ela prontamente lhe disse que ela estava estudando-os, a fim de escrever um livro ela mesma. Desafiado a provar que ela poderia concretizar sua declaração, Julia sentou-se em seu computador e escreveu seus dois primeiros capítulos. Depois de terminar seu romance três anos mais tarde, ela apresentou a  Sweet Dreams, mas foi rejeitada.

Julia Quinn formou-se em Harvard em História da Arte. Durante seu último ano de faculdade, ela percebeu que ela não sabia o que ela queria fazer com seu diploma e decidiu frequentar a escola médica. Essa decisão exigia que ela frequentasse dois anos adicionais de faculdade para completar os pré-requisitos de ciências necessários para se candidatar a faculdade de medicina. 

Para ocupar-se durante os longos dias estudando ciência, Julia começou a escrever romances históricos do período regencial. Algumas semanas depois que ela foi aceita na faculdade de medicina, ela descobriu que seus dois primeiros romances tinham sido vendidos em leilão, uma ocorrência incomum para um autor iniciante. Ela adiou a escola de medicina por dois anos, enquanto ela escrevia mais dois romances.

Quando ela finalmente entrou na em Yale , na escola de medicina, para realizar seu sonho de ser uma médica, três de seus livros foram publicados. Depois de apenas alguns curtos meses estudando medicina, Julia percebeu que ela preferia escrever a fazer dissecações. Ela deixou a faculdade de medicina e dedicou-se em tempo integral à sua escrita.

Julia Quinn considera-se uma feminista e dá a suas heroínas qualidades feministas que não são necessariamente atitudes aceitáveis da época que seus romances são baseados. Seus livros são notadamentes cheios de humor, com o diálogos afiados e  espirituosos. Os romances são guiados pelos personagens e se desenvolvem sem os grandes conflitos externos que muitos romances apresentam. 

A maioria de seus livros são dedicados a seu marido, Paul Pottinger, com o qual vive no Noroeste do Pacífico dos Estados Unidos.

  • informações Wikipédia tradução livre.

 

No Brasil achei somente os livros da Série Os Bridgertons, traduzidos pela Arqueiro.

(Amo esta série!!!!!!!! Já li muitas vezes. Todos os livros merecem 5 estrelas!!!!!)

1 – O Duque e Eu

duqeu e eeu

Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

2 – O Visconde que me amava

visconde

A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.
Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.

3 – Um Perfeito Cavalheiro

perfeito

Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse parece um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, ela é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, porém, ela consegue entrar às escondidas no aguardado baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois. Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas.

4 – Os Segredos de Colin Bridgerton

os segredos de colin

Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.

5 – Para Sir Phillip, com amor

para sir

Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante.
Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder.
Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.
Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina.
Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.

6 – O Conde Enfeitiçado

conde enfeticado

Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.
Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.
Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.
No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.

7 – Um Beijo Inesquecível

um beijo inesquecivel

Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga. Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele. Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro… e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.

8 – A Caminho do Altar

a caminho

Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.

O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.

Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?

A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.

 

**********************

Aguardando ansiosamente o  nono a ser traduzido.

bridgertons happy

E a nova série que começa com Because of Miss Bridgerton, que é dos vizinhos dos Bridgertons!

because_coming

Na página da autora (www.juliaquinn.com) tem até canecas com a árvore genealógica dos Bridgertons!!

JQ_tree_mugs

image

image

image

image

E já sabemos que a Editora Arqueiro vai traduzir também os spin off da LADY WHISTLEDOWN e O Quarteto Smythe-Smith!

Anúncios

Sobre Mariana

Mariana. Gaúcha de Porto Alegre. Mãe, esposa, publicitária, blogueira, apaixonada por fotografia, viagens e ler. Principalmente romances históricos e policiais. Geek de coração, ama Star Wars e Harry Potter.

4 comentários em “Você conhece Julia Quinn?

  1. Amanda Suely
    17/04/2016

    Amo os livros da Julia Quinn!! Eles tem um lugar especial em minha estante e no meu coração, já li várias vezes.
    Sobre a publicação dos spin offs da Lady Whistledown eu não sei te dizer, mas já foi confirmada a publicação dos livros do Quarteto Smythe-Smith. Só não sei quando.
    O oitavo livro da série dos Bridgertons vai ser publicado em Junho ou Julho. ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Mariana
      17/04/2016

      Que boas noticias! Vamos esperar entao!

      Curtir

  2. Pingback: Comentários da Mari: Encontro de fãs – Romance de Época | Cinderelas Literárias

  3. Pingback: Meus 5 romances de época preferidos | Cinderelas Literárias

Deixe um comentário apreciamos sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 17/04/2016 por em Literatura e marcado , , , .
Follow Cinderelas Literárias on WordPress.com

Siga-me no Twitter

Instagram

Lançamento em jan 2018!!!!! #juliaquinn #editoraarqueiro  Primeiro livro da duologia Irmãs Lyndon

SINOPSE: Considerada a “rainha dos romances de época” pela Goodreads, Julia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos.

Mais lindo que a lua, primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre reencontros e desafios, romantismo e perseverança.

Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.

Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?

Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas? Novo romance da Christina Lauren! Louca para ler! Gostei muito desta história! Totalmene surpreendente! #romancedeépoca #juliaquinn #arqueiro Muitos Hp Trinity College Library
Design by Patrícia
%d blogueiros gostam disto: