Cinderelas Literárias

Mulheres espalhadas pelo Brasil, que amam livros principalmente…

5 romances de época maravilhosos escritos por brasileiras

Por Mariana

Todos sabem que adoro um romance de época, histórico. Eis que descubro alguns livros fantásticos, escritos por escritoras brasileiras.

01

Carina Rissi – Perdida

(e toda a série: Encontrada, Destinado e em outubro: Prometida).

Perdida para mim foi um marco. Por ser de uma escritora nacional, por ser passado no Brasil, e por emocionar de uma forma única. Ri e chorei, me angustiei, me alegrei. Uma curiosidade. Enquanto eu lia pensava: como esta menina consegue colocar e tirar os vestidos sozinhas? Fazer penteados? Tipo assim, sempre nos romances internacionais elas tinham donzela para ajuda-las. Dai a autora explica no fim. Ela preferiu omitir do livro a escravidão que havia no Brasil naquela época e por isso não são nem citados. Outra curiosidade…vocês sabiam que como eles faziam coco e xixi naquela época? Num banheiro do lado de fora da casa!!!!! E se limpavam com folhas de alface. Nossa protagonista passa o livro pedindo um banheiro com água encanada (risos). Nota 5 estrelas.

Sinopse

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam.

Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke.

Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos…

 

borborborbol

2. Halice FRS – Com a série Borboleta Negra, volumes 1 e 2 – RESENHA AQUI

Amei estes livros, um é continuação do outro. E cada um tem umas 650 páginas. Mas vale cada uma. É uma riqueza impressionante de detalhes que faz com que vivamos cada uma das emoções dos personagens.

Sinopse 1 e 2.

Inglaterra, 1870.
Na tarde nublada, sir Edrick Bradley, segundo barão de Westling, sente-se atraído por uma misteriosa jovem. Intrigado, segue-a até que esta entre no hotel da vila. Sem entender sua curiosidade, o barão a espera para que possa abordá-la, apresentar-se.

Ao fazê-lo, qual não é a surpresa ao ser prontamente esnobado. Com seu ego abalado, sir Edrick não consegue partir e se dispõe a descobrir o que ocorre com tão bela jovem para rechaçá-lo sem razão.

Por sua vez, Ashley Walker abomina o indesejado encontro. Por anos morava na vila vizinha e agradecia o fato de jamais ter cruzado o caminho do nobre cavalheiro. Após as despedidas Ashley queria somente voltar para Wisbury e esquecer que vira o novo barão.

Entretanto, afastar-se não seria fácil. E com a convivência viria a compreensão de que nem todos os senhores eram maus, nem todos os homens eram violentos, egoístas ou aproveitadores. Ante tal descoberta e incapaz de conter os avanços de sir Edrick, a sólida muralha protetiva que Ashley ergueu ao seu redor começaria a ruir. Algo que não poderia acontecer jamais, pois ela era a borboleta negra e, por mais que desejasse experimentar o amor, não servia sequer para ser amante do barão.

Inglaterra, 1871.
Com seu empenho apaixonado, o segundo barão de Westling, sir Edrick Bradley, rompeu a barreira protetiva da misteriosa Ashley Walker e conquistou seu coração. Após desencontros e intensos reencontros, por fim ele descobriu os segredos que por anos a bela jovem bravamente ocultou.

Por uma piada do destino estes estavam diretamente relacionados à família Preston Bradley, nome que tanto trazia orgulho ao cavalheiro e que deveria ser mantido livre de nódoas do passado. Para tanto, Edrick não mediria esforços e mais uma vez provaria à moça o quão nobre era seu coração, mesmo que estivesse ferido.

Para Ashley, ela sempre seria inadequada, contudo aceitou voltar para a vida do barão, levando consigo seu bem mais precioso: Benjamin. O futuro era incerto, a relação entre os três, delicada, mas não havia meios de lutar contra seu amor. Restava enfrentar a fúria da baronesa e a insanidade de Jason Hunt. Ou talvez o maior desafio fosse superar a maldade do primeiro barão, alguém que mesmo ausente, continuava a influenciar tantas vidas.

O amor de um cavalheiro por uma borboleta seria capaz de transformar o pesadelo em um conto de fadas?

IMG_1359-0

3. Lucy Vargas – O Refúgio do Marques  – RESENHA AQUI

Esta autora tem este livro, muito bom, 5 estrelinhas, e uma série que está na minha lista para leitura:Cartas do Passado e As Cartas da Condessa, entre seus livros de época.

Sinopse

“Agora você é meu refúgio e, com certeza, o mais belo”.

Henrik e Caroline não poderiam ser mais diferentes.

Ele, o Marquês de Bridington, é um homem selvagem e inapropriado, que vive há anos no campo, fugindo dos fantasmas do seu passado obscuro e repleto de segredos.

Ela, Caroline Mooren, a Baronesa de Clarington, é uma jovem destemida, com um passado doloroso, que recebe a missão de reformar a mansão e talvez o marquês, ao menos é o que a marquesa viúva espera.

Ele é um caso perdido. Ela é uma mulher com um futuro incerto. Mas juntos, eles se completam e acendem a chama da paixão, que ambos acreditavam estar completamente extinguida, trazendo à tona segredos e temores que ambos escondem.

Se reerguer sob o peso do passado será uma batalha que ultrapassará os limites do refúgio que o marquês pensa ter construído, mas será que o amor é capaz de ultrapassar tantas barreiras e vencer, ou eles perderão tudo outra vez?

12615280_1188930841135979_2716969799072258767_o

4.A jovem Alessia de Louise Bennett (super indicação da Cinderela Dani) – RESENHA AQUI

França, século XVIII. Alessia é uma jovem simples e inocente, que vive numa fazenda vinícola com o pai, um conde amargurado que não tem carinho pela filha. Convidada pela princesa Anna, Alessia vai passar uma temporada na corte do rei Henri, seu padrinho, e lá se apaixona pelo jovem capitão Marcus de Lanpré, principal oficial da guarda real e braço direito do rei. Sofrendo por um amor impossível, já que era nobre e Marcus, um plebeu, Alessia enfrentará muitos obstáculos. Há lutas de espadas, festas, bailes, guerras, intrigas e um final inesperado! A descoberta do amor e do sexo, a vida conjugal e o valor das amizades, em meio a conflitos pessoais e familiares, recheiam este romance. Embora os muitos diálogos utilizem as formas verbais da segunda pessoa para dar um toque de época, o livro é fácil de ler, apresentando uma narrativa rápida.

O livro foi escrito com inspiração em antigos e consagrados romances juvenis da literatura internacional, tais como: “O Conde de Monte Cristo”, “Mulherzinhas”, “Ivanhoé”, etc., mas traz seguramente a marca da modernidade. As situações retratadas no livro não descrevem nenhum trecho da verdadeira história da França ou das famílias reais que lá viveram. No entanto, os detalhes históricos, principalmente sobre sucessão monárquica, sobre história dos costumes e outros de maior relevância, foram minuciosamente pesquisados com o intuito de dar veracidade à história.

O_DESPERTAR_DO_LIRIO_1457748630571207SK1457748630B

5.O Despertar do Lírio da Babi A Sette (super indicação de nossa Cinderela Vanessa). Está na minha lista para leitura!

Lilian Radcliffe é uma jovem viúva e está feliz com sua vida isenta de emoções. Culpa do luto que não larga? Lilian jurou fidelidade ao marido no leito de sua morte.
Paralelo a isso, conhecemos Simon Thorn, homem frio e libertino, dono da maior casa de jogos de Londres. Ele está a um passo de realizar seu plano de vingança contra o culpado pelo título de assassino que recebera anos atrás. O problema é que o canalha está morto e ele terá de usar a sua viúva recatada a fim de atingir seus objetivos.
De um lado, ela precisa manter sua honra intacta; de outro, ele quer seduzi-la e desmoralizá-la. No entanto, Lilian nunca se sentiu tão vulnerável e atraída por um homem. E Simon, por sua vez, demonstra reações ao lado dela das quais nunca imaginara ter. A vingança e a honra se abalam quando nasce entre ambos uma paixão incontrolável. Mas, para ficarem juntos, terão de enfrentar segredos e mágoas profundas, um castelo trancado há seis anos, palco de uma morte misteriosa e, sobretudo, encarar os fantasmas do passado que assombram suas consciências.

 

 

 

 

Anúncios

Sobre Mariana

Mariana. Gaúcha de Porto Alegre. Mãe, esposa, publicitária, blogueira, apaixonada por fotografia, viagens e ler. Principalmente romances históricos e policiais. Geek de coração, ama Star Wars e Harry Potter.

6 comentários em “5 romances de época maravilhosos escritos por brasileiras

  1. Give Me a Book
    16/08/2016

    Adorei “Perdida”

    Curtido por 1 pessoa

  2. Caroline Yamashita
    16/08/2016

    Corre para ler O Despertar do lírio que é maravilhoso!
    Eu amo Romances de época, mas gosto quando a escritora, coloca situações e contexto social real nos livros. Como também as regras de etiqueta, as normas, leis, e tals. Se é romance e não tem esse contexto não gosto.
    infelizmente muitas autoras não se atentam a isso!
    Vou te indicar Cartas do Passado, da Lucy Vargas. É simplesmente maravilhoso!

    Curtido por 1 pessoa

    • Mariana
      16/08/2016

      Caroline, sei bem o que dizes! Tive que excluir varios p fazer esta lista! To com Cartas do Passado e Babi a Sette na lista para ler sim! Te sugiro o Refugio do Marques! E A serie Perdida!

      Curtir

  3. Liachristo
    22/11/2016

    Olá Mariana, tudo bem?
    Adorei a lista que você montou. Dos livros citados, só li os da Lucy Vargas de quem sou mega fã. Os livros da Babi, estão aqui bonitinhos e autografados, mas ainda não li. A autora Halice FRS, eu não conhecia. Gostei das capas dos livros e das sinopses. Vou procurar saber mais.
    Bjus
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

    Curtir

  4. Letícia
    18/11/2017

    Borboleta Negra é simplesmente o melhor histórico da vida, e olha que quem está falando já leu demais este género. De todos que foram citados a cima este é o melhor.

    Curtir

Deixe um comentário apreciamos sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 15/08/2016 por em Literatura e marcado , , , , .
Follow Cinderelas Literárias on WordPress.com

Siga-me no Twitter

Instagram

Lançamento em jan 2018!!!!! #juliaquinn #editoraarqueiro  Primeiro livro da duologia Irmãs Lyndon

SINOPSE: Considerada a “rainha dos romances de época” pela Goodreads, Julia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos.

Mais lindo que a lua, primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre reencontros e desafios, romantismo e perseverança.

Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.

Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?

Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas? Novo romance da Christina Lauren! Louca para ler! Gostei muito desta história! Totalmene surpreendente! #romancedeépoca #juliaquinn #arqueiro Muitos Hp Trinity College Library
Design by Patrícia
%d blogueiros gostam disto: